top of page

Coteaux Bourguignons AOC Albert Brenot 2021

Tipo do vinho:
Vinho tinto.

Variação das Uvas:
Gamay.

Safra:
2018.

Maturação:
9 meses em tanque de inox.

Graduação alcoólica:
13%.

Olfativo:
Notas de framboesa, morango e cereja.

Gustativo:
Agradável e com a presença de muita fruta silvestre. Persistente e com frescor.

Harmonização:
Carnes vermelhas grelhadas, assadas ou ensopadas. Aves de caça, molhos a base de cogumelos. Para os mais ousados pratos asiáticos com especiarias apimentadas serão uma grande surpresa.

Temperatura de serviço:
16º c a 18º c.

Volume:
750 ml.

País:
França.

Fundada em 1849 por Albert Brenot, onde seus 12 hectares incluem parcelas em Savigny Les Beaune, Pernand Vergelesses e Aloxe Corton, está entre as cinco casas mais antigas da Borgonha. A cultura que envolve esta propriedade possui alguns aspectos diferenciados, tais como: a utilização do arado puxado por cavalos, trabalho manual nas vinhas mais antigas (40 a 60 anos) e rendimentos controlados. Tudo isso para manter ao máximo a qualidade do vinho.

appellation Coteaux Bourguignon foi criada há pouco tempo na Borgonha, substituindo a appelation Bourgogne Passetougrains, que é resultado de uma assemblage entre a uva Pinot Noir e a Gamay Noir.

Como a uva Gamay Noir veio do sul da Borgonha, este vinho tem uma característica de muito corpo na boca e ao mesmo tempo um aveludado profundo. Taninos intensos e uma acidez pronunciada, fazem dele um vinho de estrutura para se guardar por alguns anos ou ser aberto para quem prefere a fruta e o frescor.

Ideal para acompanhar diversos tipos de ocasiões, são muito bem-vindos com carnes vermelhas grelhadas, assadas ou ensopadas, aves de caça, molhos a base de cogumelos e, para os mais ousados, pratos asiáticos com especiarias apimentadas serão uma grande surpresa.

Aconselhado aerar o vinho caso seja aberto antes de 2022.